Prurido (Coceira)

O prurido, ou coceira na pele, é a queixa mais comum nos indivíduos com doenças dermatológicas. Ocorre tanto nos indivíduos com lesões na pele, como naqueles sem lesões aparentes.

O prurido é um desafio para o dermatologista, mesmo experiente, pois pode representar um sintoma de uma doença dermatológica, ou indicar uma doença sistêmica. Também pode estar associado a vários outros fatores.

Entre as diversas doenças dermatológicas que apresentam prurido, a mais comum e diretamente relacionada com esse sintoma é a urticária. Porém, prurido é queixa comum nos pacientes com doenças como:

  • psoríase;
  • dermatite atópica;
  • linfomas cutâneos;
  • herpes simples e zoster;
  • escabiose;
  • pediculose (piolhos);
  • prurigo nodular.

Cabe ressaltar que a única doença dermatológica que tem associação direta com o prurido, causado por liberação da histamina, é a urticária. Por esse motivo, o uso dos antihistamínicos (antialérgicos) tem a sua melhor ação nessa doença.

Em relação às doenças sistêmicas que podem causar prurido, podemos citar:

  • doença renal;
  • doença da tireoide;
  • doenças sanguíneas;
  • doenças pancreáticas;
  • infecções por vírus da Hepatite C e do HIV.

Ainda é preciso considerar outros fatores que podem ser causadores ou agravantes do prurido:

  • uso de medicamentos;
  • pele xerótica (seca);
  • psicogênico;
  • gravidez.

Como dito anteriormente, o diagnóstico das causas possíveis de prurido é um desafio para o dermatologista, e da mesma forma, o tratamento também o é. Com todas essas possibilidades envolvidas, é preciso investigar para tentar afastar as causas, e usar medicamentos de diferentes categorias para aliviar os sintomas.


Voltar